II Seminário Internacional Espaços Narrados – As línguas na construção dos territórios ibero-americanos

VEJA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA aqui

VEJA OS TRABALHOS SELECIONADOS
aqui

Há necessidade de inscrição, veja na programação completa acima

PROGRAMAÇÃO

DIA 4 DE JUNHO (no SESC Consolação, Rua Dr. Vila Nova, 245)
16h00 às 18h00: Credenciamento e entrega de material
18h15: Sessão de abertura e apresentação do Seminário
19h00: Conferência de abertura: escritor Alberto Manguel

DIA 5 DE JUNHO
8h30-10h00: Sessões Temáticas, no IEB, Av. Prof. Luciano Gualberto, 78:

No Auditório 1:
ST1. As crônicas, os inventários e a literatura na construção dos lugares
Coordenação: Gabriel Pedrosa
1.1 Crônicas e anúncios: revelações da mulher moderna na cidade e na casa – autora: Sabrina Fontenele
1.2 Afeto e lugar nas narrativas de Elizabeth Bishop – autor: Helio Herbst
1.3 Narrativas urbanas de autoria feminina: as cidades de Carolina Maria de Jesus e Conceição Evaristo – autora: Isadora C. T. Monteiro

No Auditório 2:
ST2. Paisagens culturais ibero-americanas: língua, patrimônio e narrativa
Coordenação: Klara Kaiser
2.1 O Novo Orbe Seráfico Brasílico do Frei Jaboatão: as Crônicas acerca da Ordem Francisca em Pernambuco no Período Colonial (séculos XVI e XVII) – autor: Rafael Ferreira Costa
2.2 As Igrejas das Irmandades dos Homens Pretos e a memória afro-brasileira no urbanismo da cidade de São Paulo – autor: Fabricio Forganes Santos
2.3 O mercado de escravos do Valongo no Rio de Janeiro: longos esquecimentos e abruptas lembranças – autor: Rogério Pacheco Jordão

Na Sala 12:
ST3. As cidades e a navegação das ideias
Coordenação Fernanda Fernandes
3.1 Construções de muros físicos e simbólicos: espaços, expressões e figurações do medo em Historia del Miedo (2014) – autora: Suelen Caldas S. Simião
3.2 Linguagem jurídica e o urbano na cidade de São Paulo: uma análise decolonial sobre interdisciplinariedade – autora: Julia de Moraes Almeida
3.3 Vamos Criar Caminhos? Metodologia de participação infantil para a leitura e transformação do lugar – autora: Maya Neves M. Araújo

10h00 – 11h30: Sessões Temáticas ,no IEB, Av. Prof. Luciano Gualberto, 78:

No Auditório 1:
ST4. Viagens: relatos e iconografias
Coordenação Paulo Iumatti
4.1 Narrativas sobre o Recôncavo: entre Cachoeira e São Félix, entre palavras e fotografias – autor: Eduardo Oliveira Soares
4.2 O olhar dos viajantes: uma leitura da paisagem da Vitória do século XIX – autores: Beatriz Mourão Barcelos / Nelson Pôrto Ribeiro
4.3 Entre a imagem e a palavra: o olhar da viajante Cecília Meireles – autora: Giselle Luz
4.4 Narrativas de Paisagens Arcaicas: Ruínas, Textos e Imagens de Territórios Ancestrais em Conquista – autor: Silvio Cordeiro

No Auditório 2:
ST5. Cartografia, desenho e palavra
Coordenação Iris Kantor
5.1 Relato de experiências em trânsito: cartografando Mario de Andrade, arquitetura e cidade – autoras: Volia Regina C. Kato / Maria Isabel Villac
5.2 O desastre de Goiânia com o Césio 137: cartografando memórias ou esquecimentos? – autores: Ana Laura Carvalho Nunes / Paulo Edison Belo Reyes / César Bastos M. Vieira / Diogo Vaz da Silva Júnior
5.3 Lugar, vivência e projeto: narrativas para o desenho em áreas precárias – autora: Marina M. Grinover

Na Sala 12:
ST6. Tradução e trânsito entre linguagens
Coordenação Luis Ludmer
6.1 Metacidade: Brasília lida por Haroldo de Campos – autor: Alexandre Benoit
6.2 Sobre espaços e narrativas: a biblioteca como lugar de memória, cultura e transmutação – autoras: Eneida de Almeida / Myrna A. Nascimento
6.3 A cidade (d)escrita à exaustão: do inventário urbano chamado Comédia humana, ao Esgotamento de um lugar parisiense – autora: Joana Barossi
12h00 – 13h00, no Auditório da FAU, Rua do Lago, 876:
Conferência 1 Alberto Kalach (México)

Almoço

Mesas Redondas, no Auditório da FAU, Rua do Lago, 876:
14h30 – 16h00: Mesa Redonda 1 As crônicas, os inventários e a literatura na construção dos lugares
Convidados: José Miguel Wisnik e Alberto Martins. Moderação: Agnaldo Farias
16h00 – 17h30: Mesa Redonda 2 Paisagens culturais ibero-americanas: língua, patrimônio e narrativa
Convidadas: Mariana Ozuna Castañeda (Letras/ UNAM) e Paulo Juan Bruno Dam Mazzi (PUC Lima). Moderação: Paulo Iumatti

Café

18h00, no Auditório da FAU, Rua do Lago, 876:
Conferência 2 Carmela Gross (Brasil)

DIA 6 DE JUNHO

8h30-10h00, Sessões Temáticas, no IEB, Av. Prof. Luciano Gualberto, 78:

No Auditório 1:
ST1. As crônicas, os inventários e a literatura na construção dos lugares
Coordenação Joana Barossi
1.4 Os biografemas de uma cidade-livro na cartografia machadiana do Rio de Janeiro – autores: Priscila Fernandes / Andre Balsini
1.5 Um olhar cartográfico sobre a literatura: percursos pelo Rio de Janeiro na obra de Lima Barreto – autoras: Juliane Porto C. Medeiros / Ana Elisabete A. Medeiros
1.6 O subúrbio é um folhetim: o Rio de Clara dos Anjos – autora: Francesca Angiolillo

No Auditório 2:
ST2. Paisagens culturais ibero-americanas: língua, patrimônio e narrativa
Coordenação Ana Castro
2.4 Os múltiplos imaginários de São Luiz do Paraitinga, São Paulo – autoras: Renata Rendelucci Allucci / Maria Cristina S. Schicchi
2.5 Glossario quadrilíngue da arquitetura curitibana: elaboração de conceitos para a pesquisa patrimonial – autores: Emanuel A. Aquino / Giceli P. C. Oliveira / Larissa D. M. Souza
2.6 (Re) Descobrindo Goiás por meio das memórias de Edgard Jacintho – autora: Nádia Mendes de Moura

Na Sala 12:
ST3. As cidades e a navegação das ideias
Coordenação Fernanda Fernandes
3.4 Espaços Incivilizados: práticas culturais e populares ligadas ao mundo moderno – autora: Juliana Villela Junqueira
3.5 Os múltiplos significados do Terreiro: lugar dos ritos, espaços de conflitos – autores: Diego Inglez de Souza / Luiz Ricardo Marcondes
3.6 A São Paulo de Mário, Flusser e Person: leituras de uma metrópole defasada – autor: Lucas Bandos Lourenço
10h00 – 11h30: Sessões Temáticas, no IEB, Av. Prof. Luciano Gualberto, 78:

No Auditório 1:
ST4. Viagens: relatos e iconografias
Coordenação Klara Kaiser
4.5 A paisagem da viagem e a natureza da razão – autor: Euler Sandeville Junior
4.6 A alteridade amazônica nos relatos de viagem de Euclides da Cunha (1904-1906): entre “a pátria sem a terra” e “a pátria sem a terra” – autor: José Bento de Oliveira Camassa
4.7 Cidade Palimpsesto: o resgate da paisagem de um espaço que se realiza, acumula, superpõe e troca de significados – autora: Bruna Cristina Bevilaqua

No Auditório 2:
ST6. Tradução e trânsito entre linguagens
Coordenação Guilherme Wisnik
6.4 Arquitetura como literatura: aspectos de uma linguagem em comum – autor: Flavio de Lemos Carsalade 6.5 imaginar o passado, com saudade do futuro – autora: Marta Bogéa
6.6 Cidades escritas. Textos habitáveis. – visualidade e lugar literário na paisagem, cidade e arquitetura – Patricia Andrea S. Osses

Na Sala 12:
ST1. As crônicas, os inventários e a literatura na construção dos lugares
Coordenação Gabriel Pedrosa
1.7 A paisagem urbana de São Paulo cantada pela Tropicália – autor: Vinícius Luz de Lima
1.8 Vestígios de estranha civilização: percepção da cidade brasileira nas canções de Chico Buarque – autora: Mayra Moreyra Carvalho
1.9 A Bahia de Caymmi – autores: Lígia Ferreira de Araujo / Artur Rozestraten

12h00 – 13h00, no Auditório da FAU, Rua do Lago, 876:
Conferência 3 Mauricio Pezo & Sophia von Ellrichshausen (Chile)

Almoço

Mesas Redondas, no Auditório da FAU, Rua do Lago, 876:

14h30 – 16h00: Mesa Redonda 3 As cidades e a navegação das ideias
Convidados: Maria Stella Bresciani (História Unicamp) e Ana Castro (FAU-USP). Moderação: Fernanda Fernandes
16h00 – 17h30: Mesa Redonda 4 Viagens: relatos e iconografias
Convidados: Abílio Guerra (FAU Mackenzie) e Agnaldo Farias (FAU-USP). Moderador: Luís Antônio Jorge

Café

18h00, no Auditório da FAU, Rua do Lago, 876:
Conferência 4 – Dinha (Brasil)

DIA 7 DE JUNHO

8h30-10h00, Sessões Temáticas, no IEB, Av. Prof. Luciano Gualberto, 78:

No Auditório 1:
ST1. As crônicas, os inventários e a literatura na construção dos lugares
Coordenação Marta Bogea
1.10 “Tia Margarida vai a Brasília: história para alguém contar às crianças” – autor: Igor Gonçalves Queiroz
1.11 Os espaços histórico-culturais construídos na literatura infantojuvenil: alguns exemplos ibero-americanos – autora: Tania Rajczuk Dombi
1.12 O centro em contos: espaços e personagens do Centro de Vitória (ES) imaginados por Fernando Tatagiba – autora: Camila B. Rodrigues Ferraz

No Auditório 2:
ST2. Paisagens culturais ibero-americanas: língua, patrimônio e narrativa
Coordenação Ana Castro
2.7 O nome dos lugares e seus povos esquecidos: a toponímia e os conflitos entre territorialidades na formação de Caconde/SP – autora: Marjorie P. Junqueira de Faria
2.8 Tamanduateí e a Vila de Piratininga: narrativas submersas – autora: Berta de Oliveira Melo
2.9 O valor simbólico da paisagem: a relação entre cultura e poder na colonização da Cidade do México – autora: Ana Paula Santos Salvat

Na Sala 12:
ST1. As crônicas, os inventários e a literatura na construção dos lugares
Coordenação Joana Barossi
1.13 acima do céu, abaixo do chão. montesinos e clavileño: o sem limites da escritura quixotesca – autor: Gabriel Pedrosa
1.14 O poeta-sismógrafo e o mito vampírico: Torquato Neto no Rio de Janeiro dos anos 1960-70 – autores: Dilton Lopes Almeida Júnior / Ramon Martins da Silva
1.15 Românticos e Modernos: Rio de Janeiro e São Paulo pelo olhar dos escritores brasileiros em um século de transição (1836-1936) – autora: Solange de Aragão
10h00 – 11h30: Sessões Temáticas, no IEB, Av. Prof. Luciano Gualberto, 78:

No Auditório 1:
ST2. Paisagens culturais ibero-americanas: língua, patrimônio e narrativa
Coordenação Fernanda Fernandes
2.10 amereida. américa como acidente – autor: João Serraglio
2.11 Um terraço e um jardim na Casa Vilamajó: reflexões sobre a modernidade apropriada – autora: Claudia Virginia Stinco
2.12 O redescobrimento da Ibero-América: articulações entre arquitetura, arte e cultura nas narrativas de Angel Guido – autor: Leonardo Faggion Novo
2.13 A América Como Efeméride, Nas Malhas Que O Império Tece: O Historiador, A Estátua, Seu Subalterno e o Ventríloquo – autor: Amilcar Torrão Filho

No Auditório 2:
ST2. Paisagens culturais ibero-americanas: língua, patrimônio e narrativa
Coordenação Klara Kaiser
2.14 Narrativas e significados de uma paisagem capital: Brasília. Uma leitura do romance de João Almino: Samba Enredo – autoras: Ana Carolina C. Streletcki / Ana Elisabete A. Medeiros
2.15 Figurações da cidade latino-americana: as representações de São Paulo, Lima e Bogotá na literatura (1940 – 1970) – autoras: Mariana Costa Pamplona / Ana Claudia Veiga Castro
2.16 Itinerarios brasileños de Joan Ponç – autora: Margareth dos Santos
2.17 Entre a academia e a estrada: a viagem americana de Vilanova Artigas – autor: João Sodré

Na Sala 12:
ST2. Paisagens culturais ibero-americanas: língua, patrimônio e narrativa
Coordenação Luis Ludmer
2.18 A construção narrativa como ferramenta de disputa socioterritorial na Cracolândia – autora: Camila Campos Almeida
2.19 Monumentos bandeirantes na cidade de São Paulo – autora: Thaís Chang Waldman
2.20 Planos, práticas e projetos: relatos de espaço do samba sobre as reformas urbanas paulista e carioca (1938-1945) – autor: Bruno Ribeiro S. Pereira
2.21 AB_CDMX. Diccionario urbano de la Ciudad de México – autora Laura Janka Zires

12h00 – 13h00, no Auditório da FAU, Rua do Lago, 876:
Conferência 5 Angelo Bucci (Brasil)

Almoço

Mesas Redondas, no Auditório da FAU, Rua do Lago, 876:
14h30 – 16h00: Mesa Redonda 5 Cartografia, desenho e palavra
Convidadas: Iris Kantor (IEB USP) e Carla Lois (História UBA). Moderadora: Marta Bogéa
16h00 – 17h30: Mesa Redonda 6 Tradução e trânsito entre linguagens
Convidados: Alejandro Tapia (UAM-Xochimilco) e Luís Antônio Jorge (FAU-USP). Moderador: Guilherme Wisnik

Café

18h00, no Auditório da FAU, Rua do Lago, 876:
Conferência 6 João Paulo Borges Coelho (Moçambique)

Sessão de encerramento