Podcast do IEB


O Instituto de Estudos Brasileiros apresenta seu canal de podcast que aborda aspectos diversos dos acervos e das pesquisas em curso. Os áudios são lançados de segunda a sexta-feira (exceto feriados), na página:  www.ieb.usp.br/podcast

Acompanhe e compartilhe!

 



Resumo: Aproximação de alguns aspectos estéticos de Grande sertão: veredas, de João Guimarães Rosa, e dos ensaios de Édouard Glissant, escritor martinicano. Imagem: Henrique de Toledo Groke



Resumo: Alguns aspectos teóricos e práticos de uma experiência cênica baseada em passagens de Grande sertão: veredas e intitulada “atores da violência – atores do diálogo”. Imagem: Henrique de Toledo Groke



Resumo: A crítica ao determinismo geográfico do final do século XIX, é usada por Milton Santos, para combater o determinismo geográfico ainda reinante na geografia dos anos 1950. Imagem: Arquivo IEB



Resumo: Celso Furtado tem sido influência relevante para a reflexão brasileira sobre o Direito Econômico, como demonstra a análise da obra dos autores dessa disciplina jurídica. Imagem: Reprodução



Resumo: O podcast aborda o livro “Introdução ao desenvolvimento: enfoque histórico-estrutural” de Celso Furtado, onde o intelectual procura fundir dois momentos da sua reflexão: o estruturalismo e a análise do capitalismo. Imagem: Reprodução



Resumo: Destaca-se a múltipla presença da política na obra de Furtado: como método na teoria do subdesenvolvimento, como ferramenta no planejamento democrático e como projeto nacional. Imagem: Arquivo pessoal



Resumo: O programa explora o conceito de dependência em Celso Furtado, no momento em que análise sobre o subdesenvolvimento incorporou a dimensão sociológica e cultural para compreender o atraso brasileiro. Imagem: Fernando Rabelo



Resumo: Com Furtado, o Nordeste ganha a Sudene. Mas o projeto original sudeniano seria sufocado, assim como o nacional-desenvolvimentismo, no pós-1964. Imagem: Wikimedia Commons



Resumo: Celso Furtado e a importância de seu livro “Formação Econômica do Brasil”, publicado em 1959. Imagem: Arquivo pessoal



Resumo: Este podcast trata dos anos de juventude de Celso Furtado e discute sua produção jornalística, seus trabalhos ligados à Administração Pública e suas primeiras análises econômicas. Imagem: Arquivo Pessoal



Resumo: Aborda alguns dos trâmites para incorporação da coleção Celso Furtado à Biblioteca do IEB, sua recepção, suas características e as perspectivas para sua disponibilização. Imagem: Daniela Piantola



Resumo: A importância do conjunto documental de um dos maiores intérpretes do Brasil no século XX, preservado e doado ao IEB por sua esposa Rosa Freire d’Aguiar. Imagem: Arquivo do IEB.



Resumo: Rosa Freire d’Aguiar discorre sobre seu trabalho editorial em torno da obra de Celso Furtado e sobre os quinze volumes que preparou e publicou desde o falecimento do economista, em 2004. Imagem: Centro Celso Furtado



Resumo: Serão duas semanas de podcasts IEB, um por dia, para discutir a obra, a trajetória e os acervos deste grande intelectual brasileiro. Imagem: Wikimedia Commons



Resumo: A atmosfera político-cultural da Maria Antonia, anos 60, e a militância estudantil, privilegiando a Alfabetização de Adultos Método Paulo Freire. Lembrar é resistir. Imagem: Reprodução



Resumo: Sendo a memória suporte da identidade social, a proposta é revisitar a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP, na Maria Antonia, anos 60. Lembrar é resistir. Imagem: Reprodução



Resumo: Numa obra inaugural de sua trajetória, Milton Santos revela seu pensamento teórico inovador na Geografia, no contexto dos anos 1950, fazendo a crítica do cientificismo. Imagem Arquivo IEB



Resumo: Efemérides de outubro do Instituto de Estudos Brasileiros aos aniversariantes do mês: Alice P. Canabrava; Graciliano Ramos e Mário de Andrade. Imagem: Arquivo IEB



Resumo: Diálogo ficcional com Corpo de Baile, de Guimarães Rosa, com base em discussões surgidas nas rodas de leitura da Oficina Guimarães Rosa. Imagem: Divulgação



Resumo: Rico relato de um surpreendente sarau informal no quintal de Manuelzão, em Andrequicé, com a participação de Bindóia, o vaqueiro iletrado que lia com desenvoltura a palavra oral. Imagem: Divulgação

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7