Eleição para escolha dos Representantes Discentes

O IEB possui assentos destinados à representação discente na maioria de seus colegiados, com mandatos renovados anualmente.
Nesta página, constam informações sobre a representação estudantil nos colegiados do Instituto, bem como sobre o processo eleitoral mais recente.

Eleição de 2 (dois) Representantes discentes de pós-graduação para composição do Colégio Eleitoral para escolha do(a) Diretor(a) e do(a) Vice-Diretor(a) do Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo  

Resultado da apuração dos votos NOVO

Inscrições Deferidas

Ficha de INSCRIÇÕES INDIVIDUAIS

Ficha de INSCRIÇÕES de CHAPAS

Eleições para Representação Discente mandato 2021/2022 (canceladas por ausência de inscrição)

 

Sobre a Representação Discente:

Representantes discentes (RDs) é o nome dado, dentro de uma instituição de ensino superior, aos estudantes que participam dos órgãos colegiados daquela instituição. Na Universidade de São Paulo, mais especificamente no IEB, a representação se dá no Conselho Deliberativo (CD), Comissão de Pós-Graduação (CPG), Comissão de Apoio Administrativo e Financeiro (CAAF), Comissão do Programa de Aperfeiçoamento do Ensino (PAE), CEQUALI (Comissão de Espaços e Qualidade de Vida) e CDH (Comissão de Direitos Humanos)

Os Representantes Discentes devem estar regularmente matriculados no Programa de Pós-Graduação do IEB “Culturas e Identidades Brasileiras” e deverão ser eleitos por seus pares com mandato de um ano. Sua função é representar, dentro daquele colegiado, os interesses do conjunto dos estudantes. Durante seus mandatos, os RDs têm direito “a voz e voto”. É membro pleno do órgão ao qual foi eleito e participa de todas as decisões que esse órgão toma, expondo as ideias dos estudantes sobre os assuntos discutidos e também tem poder de voto.

Dentre as atividades de um Representante Discente, incluem ouvir e debater opiniões com os alunos sobre os diversos temas que envolvem a vida acadêmica no Instituto, e divulgar entre os demais alunos, as decisões daqueles colegiados e comissões por meio das pautas, atas, reuniões etc.

A participação dos estudantes nos colegiados e comissões é assegurada pela Constituição Federal no artigo 206, inciso VI e também na Lei de Diretrizes e Bases da Educação, além de diversos artigos na constituição estadual e estatuto da USP.

Regimento Geral da USP Artigos 222 a 232