IEB0251 – Gênero, Arte e Sociedade

2ª feira | das 18h30 às 22h30

Inicio em: 06/08/2018

Local: Auditório 1 – IEB –  Edifício Brasiliana

Profa. Ana Paula Cavalcanti Simioni

Vagas Oferecidas :  40 Alunos Regulares USP ,  05 Alunos Especiais 

Não haverá oferecimento de vagas para Alunos do Programa Universidade Aberta à 3ª Idade

Programa da disciplina

Objetivo 

A disciplina pretende discutir as contribuições teóricas e metodológicas específicas da sociologia da cultura no âmbito das relações de gênero, abordando a relevância das análises interdisciplinares no tocante à produção cultural e, em especial, ao campo artístico. Objetiva-se investigar as relações entre produção cultural e distinções de gênero, o que significa atentar para o modo com que as questões das assimetrias entre os sexos e suas representações podem ser tomadas como relações de poder particulares que atuam, de modo próprio, nas formas de produção, consagração e recepção das obras culturais.
Nesse sentido, a análise da atuação e da produção das mulheres artistas será compreendida por meio das interações por elas estabelecidas com as práticas institucionais, discursivas e estilísticas que perpassavam os diversos meios artísticos ao longo dos séculos XVIIII, XIX e XX, notadamente no Brasil.

Conteúdo

1. Abordagens sociológicas: gênero, arte e cultura;
2. A constituição histórica das relações de gênero;
3. A dimensão do gênero no Antigo Regime: o discurso da “excepcionalidade” da mulher artista
4. O século XIX e a invenção da diferença (física e intelectual) entre os sexos: genialidade como atributo masculino;
5. Mulheres e representação: o corpo feminino na pintura, escultura e na literatura do século XIX;
6. As mulheres artistas e o campo acadêmico: exclusões institucionais e discursivas;
7. Mulheres artistas nos círculos modernistas: modernizando as diferenças de gênero:
8. Feminismo e a arte feminista;
9. Corpos, gêneros e raças: proposições e debates contemporâneos.