IEB 5025 – A Urbanidade e a Imagem da Metrópole de São Paulo como Fatores de sua Produção e de Interpretação

Prof. Dr. Jaime Tadeu Oliva

Início em: 22/08/2018

4º feira | 18h30 às 22h30

Local: Auditório 02 – IEB

Tendo como tema a metrópole de São Paulo, pretende-se interpretar essa realidade urbana a partir de sua dimensão espacial, da qual se extrai uma construção complexa e abrangente: a urbanidade. Assim, investe-se numa abordagem internalista (espaço intra-urbano e sua inflexão sobre a sociedade urbana), em contraste com a dominante abordagem externa que dá maior atenção à cidade inscrita num espaço mais amplo (de outra escala) que ela polariza e integra dentro de um sistema.

Pretende-se também analisar as inflexões sobre a urbanidade da metrópole numa perspectiva histórica ao longo do século XX, dedicando especial atenção ao caráter construtivo das imagens da cidade produzidas por diversos atores sociais. Imagens que se expressam culturalmente e em diversas linguagens, no curso exemplificado a partir de uma iconografia/cartografia “anti-urbanidade” e por meio de um cancioneiro popular “pró-urbanidade”. Essa avaliação não pode ser feita sem que se abram as interpretações para um campo interdisciplinar, ou dito de outro modo: para o âmbito de uma teoria social mais globalizante que “afrouxe” as fronteiras disciplinares.

Por fim, a condição histórica e contemporânea da urbanidade da metrópole de São Paulo será objeto de reflexão segundo resultados práticos (sociais e políticos) na condição de vida dos seus habitantes, seguindo e definindo alguns parâmetros das espacialidades praticas por seus habitantes e as inflexões sobre essas espacialidades em razão das consequências da segregação espacial (que é econômica, que é social). Também serão avaliados alguns parâmetros de coesão política da sociedade urbana e alguns aspectos das políticas de gestão urbana.

 

Conteúdo (Ementa)

  1. Escalas do urbano
  • O espaço como dimensão do social
  • Apreensão espacial do fenômeno urbano
  • Territórios e redes na constituição dos espaços urbanos
  • A metrópole de São Paulo: pulverização política e administrativa
  1. A urbanidade como medida das cidades (e das sociedades urbanas)
  • Modelos de urbanidade
  • A abordagem da urbanidade frente à abordagem da economia política (“valorização do espaço urbano”)
  • O Habitar, a convergência do morar e das práticas urbanas (espacialidades)
  1. Inflexões na urbanidade de São Paulo
  • A decisiva virada do século XIX para o século XX
  • Plano de avenidas (anos 1930)
  • Lei de zoneamento (anos 1970)
  • Reconstrução da imagem da cidade
  1. Reestruturação contemporânea
  • Automobilização
  • Isolamento condominial: “suburbanização interna”
  • Inflexões sobre a urbanidade
    • Declínio dos espaços públicos
    • Segregação
  • Iconografia anti-cidade: cartografia e mídia publicitária.
  • Degradação da imagem da cidade
  • Cultura e música popular “pró-urbanidade” de São Paulo: Adoniran Barbosa, Luiz Tatit e Itamar Assumpção

 

ver lista geral de disciplinas do 2º semestre